Sem gols

SÃO PAULO E PALMEIRAS FAZEM CLÁSSICO EQUILIBRADO E EMPATAM PELO BRASILEIRÃO ASSAÍ

No Morumbi, equipes se enfrentaram pela 14ª rodada da competição e ficaram no 0 a 0

São Paulo e Palmeiras disputaram clássico no Morumbi pela 14ª rodada do Brasileirão AssaíSão Paulo e Palmeiras disputaram clássico no Morumbi pela 14ª rodada do Brasileirão Assaí
Créditos: Marcello Zambrana/AGIF

O clássico paulista entre São Paulo e Palmeiras abriu a 14ª rodada do Brasileirão Assaí na noite deste sábado (31). As equipes fizeram um jogo equilibrado e empataram em 0 a 0 no Morumbi. Com o resultado, o Verdão segue isolado na liderança, agora com 32 pontos, enquanto o Tricolor, com 12, ocupa o 16º lugar.

+Confira a tabela do Brasileirão Assaí!

O jogo

O primeiro tempo do clássico paulista foi marcado pelo equilíbrio. O São Paulo até teve mais volume de jogo, mas o número de finalizações foi o mesmo: cinco para cada lado. Com velocidade e apostando em chegadas pelo lado esquerdo, o Tricolor teve uma boa chance com Marquinhos, que recebeu livre, mas chutou errado. O Palmeiras, com um pouco de dificuldade na saída, assustou em chute por cobertura de Deyverson, que quase surpreendeu Tiago Volpi.

Na marca dos 25, o Tricolor chegou de novo quando Rodrigo Nestor passou para Rigoni finalizar livre na área e balançar as redes. No entanto, a arbitragem apontou impedimento no lance e anulou o gol. Já no final, Marquinhos caiu após disputa com Gustavo Gómez e, na checagem do VAR, o árbitro anulou a marcação do pênalti e o placar seguiu inalterado na etapa inicial.

O ritmo diminuiu no segundo tempo da partida. O Verdão chegou bem em duas oportunidades. Uma com Gustavo Scarpa, aos dez minutos, que arriscou de fora da área e viu a bola sair pela linha de fundo. E outra na marca dos 17, quando Breno Lopes recebeu lançamento e viu Tiago Volpi fazer a defesa. O Tricolor também teve duas chances. Aos 33, Rigoni cobrou falta direto para o gol, e Weverton espalmou. E, aos 43, Reinaldo cobrou falta e viu a bola desviar em Gustavo Gómez antes de entrar – após verificação do VAR, o gol contra foi anulado e o placar seguiu inalterado até o apito final.


Fonte: cbf.com.br