DE VIRADA, PALMEIRAS SUPERA O AMÉRICA-MG PELO BRASILEIRÃO ASSAÍ

Com dois gols de Willian, o segundo no último minuto, Verdão bate o Coelho por 2 a 1 e sobe para a terceira colocação

Palmeiras e América-MG se enfrentaram em São Paulo pelo Brasileirão AssaíPalmeiras e América-MG se enfrentaram em São Paulo pelo Brasileirão Assaí
Créditos: Ettore Chiereguini/AGIF

Vira-vira do Verdão na manhã deste domingo (20) no Allianz Parque. Em duelo válido pela quinta rodada do Brasileirão Assaí, o Palmeiras viu o América-MG abrir o placar em São Paulo, correu atrás e, no último minuto da partida, balançou as redes e triunfou por 2 a 1. Os dois gols do time paulista foram marcados por Willian. Geovane fez o do Coelho. 

O resultado coloca o Verdão, por enquanto, na terceira posição da tabela. Já o América-MG, que ainda não venceu na Série A, aparece em 19º, com um ponto;

+Confira a tabela completa do Brasileirão Assaí!

O jogo

Primeiro tempo movimentado em São Paulo. O Coelho começou melhor no jogo, e obrigou Jailson a trabalhar. O goleiro do Verdão, que defendeu um pênalti no fim da etapa, salvou logo aos sete minutos, quando espalmou falta cobrada por Geovane. Dez minutos mais tarde, Jailson entrou de novo em cena: Ademir recebeu passe na área e arriscou o chute, mas parou no goleiro palmeirense. Só que, aos 37 minutos, o camisa 42 da equipe paulista não conseguiu evitar o gol.

Após erro de Victor Luís, Geovane pegou sobra na área, chutou e encobriu Jailson para abrir o placar no Allianz. Só que a resposta do Verdão foi rápida. Aos 38, logo após a saída de bola, Scarpa cruzou na área para Willian, livre, cabecear e deixar tudo igual. Mas o Coelho poderia ter ido para o intervalo vencendo. Aos 49, Renan fez falta em Ademir dentro da área. Pênalti para o América-MG. Só que o mesmo Ademir foi para a cobrança e parou em Jailson.

O Verdão melhorou na etapa final. Logo aos três minutos, Willian teve a chance de finalizar e tirou tinta da trave. Depois, aos seis, Gustavo Scarpa arriscou e parou na boa defesa de Jori. O Coelho ameaçou aos 16: Juninho recebeu passe de Rodolfo na grande área e bateu de primeira. A bola pegou na rede pelo lado de fora.

Seguindo na pressão, aos 34, Luiz Adriano desperdiçou chance incrível, quando chutou dentro da área e parou em Jori. No rebote, pegou de canhota e isolou a bola. No lance seguinte, aos 35, Deyverson mandou um peixinho na área e acertou a trave do Coelho. Mas o Verdão não desistiu, pressionou até o último minuto e venceu. Aos 50 minutos, Luiz Adriano cruzou rasteiro para Willian, que apareceu na área e mandou no ângulo.


Fonte: cbf.com.br